“Projeto APRENDER PARA FAZER”

O “Projeto APRENDER PARA FAZER”, pretendeu promover a formação e capacitação dos órgãos dirigentes da APOI em várias vertentes, quer no que diz respeito à organização e gestão interna da instituição, quer na atualização de conhecimentos técnico-científicos. O objetivo principal é promover a melhoria da qualidade assistencial aos portadores de OI e suas famílias, nas suas várias vertentes: social, institucional e de saúde. Para isso pretende-se, como já atrás foi dito, dotar os órgãos dirigentes (que são pessoas oriundas de diversas áreas profissionais distintas) com algumas ferramentas necessárias a permitir a melhoria da  gestão interna da instituição, a melhoria da capacidade financeira da APOI, uma melhor participação dos associados na vida da associação  e também um conhecimento atualizado em relação ao estado da arte atual no que diz respeito ao diagnóstico e tratamento da doença por forma a permitir uma melhor orientação dos doentes com vista a melhores ganhos em saúde e melhor integração social e profissional.

Durante o ano de 2014 vários elementos da APOI participaram em ações de formação diversas:

–  “Conferência Doenças Raras” – da Aliança das Doenças Raras;

– Seminário “Conhecer é Poder” da Unidade de Farmacovigilância de Lx e Vale Tejo

– Workshop “Terceiro Setor – Comunicar com (D)eficiência – do Grupo de Reflexão “Media e Deficiência

–  Workshop “Apoios e Angariação de Fundos para Associações de Doentes” – da Plataforma RedeLab Saúde

– 12th International Conference on Osteogenesis Imperfecta – organizado pelo Nemours Hospital, Wilmington-Delaware (EUA)

– XX Congresso AHUCE – organizado pela AHUCE

– 10ª edição do Programa Gestão&Qualidade Base – organização ENTRAJUDA e Fundação Manuel Violante

 

Projeto cofinanciado pelo Programa de Financiamento a Projetos pelo INR, I. P de 2014.

Apoio:

INRoife